Pour moi et vous

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Por mim e por você

Como eu posso entender isso? Como posso aceitar que tu prefere o teu orgulho a me pedir desculpas? Você disse que sempre seria minha irmã e agora eu estou sentada no meu quarto esperando uma resposta tua. Uma resposta que eu acho que nunca vai chegar. Não foi uma brincadeira qualquer. As palavras, elas foram ditas de uma forma em que no mesmo tempo que me lembrava lágrimas surgiam no meu rosto. Por favor me entenda, ponha-se no meu lugar. A verdade é que eu já te perdoei a muito tempo, meu amor é sempre maior que tudo. Mas eu preciso que você perca o seu orgulho por mim e por você.

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Orgulho é algo difícil de ser quebrado.
    Palavras, gestos e tons silenciosos machucam
    mais do que um tapa. A palavra lançada e o silêncio
    de não pedir a desculpa.

    Escreves bem.
    Gostei daqui.
    Flores e uma ventania de bons pensamentos.

    ResponderExcluir
  3. O orgulho atrapalha a ordem natural com que as coisas deveriam acontecer.
    Sucesso no teu blog, me sinto bem aqui.
    Um beijo doce, mocinha.

    ResponderExcluir
  4. Já viu a promoção que ta rolando solta no blog O Leitor?
    Ainda não?
    Então corre, que até o dia 05 de Fevereiro você ainda pode concorrer a um dos 6 livros que estão sendo sorteados.
    Beijos e espero você lá,

    Pamela.

    ResponderExcluir