Pour moi et vous

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Todo esse papo de não viver sem você é mentira. Você me deixou, doeu, ainda doi... Mas passa, está passando, adormecendo, abandonando, melhorando, relaxando, queimando, apagando, reescrevendo. E eu... eu ainda estou vivendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário