Pour moi et vous

Le musée

Como o vento do norte eu entro e saio da vida das pessoas facilmente. Por essas e outras me tornei o que sou hoje "Le musée" o museu dentro de mim onde guardo as lembranças importantes, coisas tristes, meus amores. O museu que as pessoas não fazem questão de visitar, olhar, entender oque há. Este é o meu museu colocado em letras para aqueles que não estão afim de ler o que eu escrevo ou para você que se identifica comigo.


  Apropos the moi
Sou Heloisa Brito. Tenho uma tristeza diária, mas estou sempre sorrindo. Me sinto só constantemente e sempre tento ajudar os outros para que eles não sintam o que eu sinto. Estou sempre em terceiro plano pelos outros e raramente em segundo, não sou o primeiro plano de ninguém. Toco violão, canto, componho, cozinho (bem pouco). Sempre me da vontade de tomar um Cappuccino e escutar musica. Se quiser me fazer companhia fique a vontade. Me tornei eclética de uns tempos pra cá mais minhas preferencias são o indie, folk, j-pop, rock alternativo entre outros. Sempre recomendo bandas ótimas rs. 
Todas as coisas que há aqui são inteiramente minhas. Aqui falo o que penso e sinto, sinta-se a vontade para comentar o que quiserem. 


E muito obrigada a Maria Eduarda, sem teu apoio não sei o que seria de mim.


   Lire
Espero que você entenda tudo que eu disse. Espero que sinta as emoções de cada coisa que eu escrevi, e como me sinto. Se você entende o que eu sinto então porque não fala comigo, me da um pouco de amor já que o meu amor eu tento dar pra você o tempo todo?